sábado, 9 de junho de 2018

o leitor e a rosa




o leitor vem daqui

a rosa vem dali

5 comentários:

  1. Afinal o seu leitor parece bem sentado:). A rosa está a precisar de uma mudança. Ou será de estimação. Eu, por exemplo, tenho um cravo seco algures; não sei onde, mas sei que tenho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim :), à sombra da rosa mui estimada.

      Eliminar
  2. Mal comparado - e só porque o seu planeta tem uma rosa de copo e não uma rosa plantada; e um leitor em vez de um menino de cachecol ao vento - lembra-me o principezinho, criança que varria as crateras de um vulcão mínimo que exalava um calorzinho bom e era manso manso; e cuidava da sua rosa com jeito maternal. Ele que é talvez a criança mais conhecida do mundo, perdia-se de amores por uma flor.
    Pode nem ter a ver. Mas que me lembrou, lembrou:).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o que eu gostei dessa lembrança, bea :)

      Eliminar
  3. O principezinho deve ser uma memória boa; uma vez, por dores extremas, drogaram-me um bocado. E vi-o. Claramente visto. As cores mais intensas. Mas era ele :).

    ResponderEliminar