terça-feira, 9 de agosto de 2016

Folhinha

O cliente deixou-me um pedido por escrito, queria, ou quer, garras para pratos com as medidas tal e tal e tal, mas com a especificidade não muito tal, antes certa, de serem na cor alumínio, e com a particularidade de o seu 'para' estar escrito em abreviatura um tanto ou quanto estenógrafa, por conter um traço por cima do pê e do érre, assim ali a meio, vá, coisa que não poderei nunca reproduzir com este teclado onde digito ao momento, vai daí expliquei-me assim como acabastes de ler. Ora bem, não há 'migo, está bem. Vai ter que estar. Indaguei junto de quem tinha de indagar, junto de quem me poderia fornecer tal esquisitice, mas não, nicles. Não há, escrevi eu, a verde, na mesmíssima folhinha que o cliente trouxera. Ela escreve a verde, ah ah. Estenografia é que não sei.

Sem comentários: