sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Futuro

Amanhã é sábado e vou passar todo o dia sozinha. Não é tão mau assim, veja-se uma altura em que não suportava estar mais do que meia hora sozinha, e mesmo essa meia hora era vivida penosamente, tanto que passado esse tempo, ou se me instalava a coisa parva, ou abalava mundo afora, loucamente. Hoje em dia não suporto pessoas por mais de meia hora, e mesmo essa meia hora é vivida penosamente, num repente instala-se a tal coisa e abalo dali. Vendo bem, estou na mesma, só que ao contrário.

Sem comentários: