segunda-feira, 26 de junho de 2017

Das tortas que não me saem direitas

Ando a esforçar-me por conseguir uma torta que seja mesmo torta, mas direita ao nível do 'como deve ser'. Ainda não consegui, o raio da massa, depois de cozida, não deixa de se pegar ao pano. Pega-se ao açúcar que pus no pano, tudo bem, mas também se pega ao pano. É amor, só pode. Vai daí ponho o disforme monte de massa cozida e saborosa na travessa e come-se na mesma.

Sem comentários: