terça-feira, 9 de agosto de 2016

Primeiro

Bom dia. São dez e cinquenta e cinco. O lanchinho é uma banana madurinha, portanto montes de gostosa, até pica na língua, picará, quero eu dizer, e tem dois pedúnculos, o próprio e o duma irmã de sangue.
Entretanto são dez e cinquenta e sete. Sinto sempre um impulso para registar a que horas termino este tipo de post. Neste caso quer dizer que demorei dois minutos a digitar, e também a pensar, os duzentos e onze caracteres que compõem o primeiro parágrafo e título. Por ordem de aparecimento, vá: o título e o primeiro parágrafo. De nada, ora essa.

Sem comentários: