quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Do plano da mala

Tal como havia planeado, pois que mudei de mala, viajando agora comigo a mala bórdô. Não estou completamente satisfeita, que a castanha que recolhi da avenida dantes tinha um compartimento só seu, tendo agora que dividir o espaço com o pacote de lenços, o saquinho verde para as pequenas compras, a caneta e o bloquinho rudimentar. Dou muita atenção a esta castanha, dou, é uma certa pancada, é, e não é talismã, não, é companhia, é.

Sem comentários: