segunda-feira, 27 de março de 2017

Cadernos

Decidi como vou fazer com os cadernos.
Se por um lado queria mudar-me para o caderno adorado, passando a bloco de apontamentos e de diário, como faço com o caderno azul que me deu a rica filha e que já tanto tenho apresentado no lbogue... ai perdão, blogue, e portanto levá-lo de férias para fazer os registos habituais.
Por outro queria muito usar um dos cadernos coloridos por terem vindo de um país onde se fala uma língua que não compreendo e que, nesse caso, seria caderno que visitaria outros países.
Decidi-me assim:
Quando terminar o caderno azul, o que está para breve, volto-me para o caderno adorado para então o ir preenchendo e, sinceramente, conto preenchê-lo bastante, uma vez que a ansiada e enorme volta não está para tão breve quanto o fim do caderno azul.
Quando enfim a volta chegar aos meus dias, levo um dos cadernos coloridos, possivelmente o de capa plástica, que é bem melhor para andar aos rebolões na bagagem de mão.

Sem comentários: