segunda-feira, 13 de março de 2017

Itens preciosos

Por estes dias

a senhora que se entretém com o tablet figura no recinto exterior do lugar (que também pode ser) da musa, anda então longe desta que escreve, a dita senhora, posso pensar que me quis fugir

das árvores que permanecem na rua mais bonita de Lisboa, temos nuas somente a segunda e a sétima árvores que encontra quem desce, de resto, todas têm folhinhas novas, umas mais, outras menos, é certo, e é certo que a mais glamorosa é aquela a que chamo de arredondada

Sem comentários: