sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Primeiro

Bom dia. São onze e quarenta e sete. Eia, lá vem esta com o assunto de sempre. Gastei 69 émebês de tempo a usar nas netes através do telemóvel. Descansem, isto está quase a acabar. O ano passado, por esta altura, era o estado do tempo o que registava diariamente, levada pelo desejo de não dar somente os bons-dias aos leitores e por junto as horas que eram, sei lá, achava, como acho, que ficava, como fica, pobre. Foi inclusive por essa altura que dei início a este papaguear, contudo, nos meses anteriores, nuns dias sim, noutros não. Não vou abandonar os posts 'Primeiro', não para já, gosto, ainda, de sublinhar o momento em que dou início a mais um dia de escrita. E continuarei a colar aos factos do costume aquilo que me apetecer dizer, sem que nada tenham a ver com os bons-dias ou as horas que são, mas passarei a usar a quebra de linha.

Sem comentários: