domingo, 4 de dezembro de 2016

½ dúzia de pares de meias

Andava a precisar de renovar a gaveta das meias. Entretanto já eliminei (fica mal dizer que pus no lixo...) estas:


... fundo preto, ponta verde-alface, calcanhar cor-de-rosa, remate lilás, espirais em amarelo e umas letras coloridas que dizem 'angel' por sobre o preto. Os anjos serão alegres? Diz que sim, que cantam lá no céu e tal, 'quem canta seu mal espanta', portanto devem ser mesmo muito alegres, os anjos.


... são maioritariamente pretas, na planta do pé têm uns arabescos que querem dizer 'padrão animal', mas um bocado mal amanhado, vá, em rosa-choque e verde-elétrico e o remate do cano é em rosa-choque.

... padrão animal e isso assim, cores iguais e coiso, só por dizer que o animal no outro dia era (por exemplo e creio que) de leopardo e hoje é de pantera, ou puma, ou chita, ou... Eh pá, não sei, olha, as anteriores eram tipo às riscas e estas são tipo às bolas, pronto.

Que substituí por estas:




... Que não vou descrever, uma vez que são lisas. Mas são do tipo ó pá tóin xiras, não são? Da vez primeira disto das meias, pus-me a mostrá-las à calçada, como se a dita as quisesse ver. Este falar de mim para coisas (como é este exemplo da calçada) é-me especial, faz uma certa companhia, vá. Nessa altura também me punha a mostrar o zoom da minha máquina fotográfica não tão espectacular assim ao mundo, na esperança de que este quisesse ver o alcance que aquela tem. Nem sempre a esperança é vã... Neste grupo de meias, o chão não é a calçada, são chãos da minha casa. Achei melhor assim, por ser diferente, tanto o chão como a posição.

Sem comentários: