quarta-feira, 19 de abril de 2017

Amarelo doente

Dona Natércia deixou-me um dossiê amarelo cuja lombada estava descolorada do sol.
ah
que livro especial:
amarelo fogoso em frente & verso
amarelo doente em lombada
ah
E eu:
Ó dona Natércia, lá no seu escritório bate o sol em chapa!
E ela nada.
E eu:
Ó dona Natércia, lá no seu escritório há uma prateleira cheia de dossiês com as lombadas viradas para a janela!
E ela nada.


É, afinal consegui mais um assuntozinho que coloquei em mais um postzinho. Vão então três mil e quatro posts à data corrente.

Sem comentários: