sexta-feira, 7 de julho de 2017

Mãozinha do estaminé


De repente pode parecer uma foto dedicada a alguma cor política ou assim, mas não, é apenas uma mãozinha de bater às portas de casa. 
Presumo que vinha assente numa barra do mesmo material, latão, mas acerca da qual não conheço paradeiro. 
É que me caiu a mãozinha aos pés e acabou-se a história. 
Isto de a mãozinha cair aos pés era uma história do caraças, soubesse eu, agora, escrevê-la.

2 comentários:

Lady Kina disse...

Mãos que caem aos pés e corações no chão? Algum Acordo Fisiológico que ignoro?!

(pelas partes que me tocam, continuo a meter os pés pelas mãos e o coração há-de andar na boca, há-de, só não sei onde)


(Ao telefone: - Desculpe, menina, sabe dizer-me onde está o Dr. Alcides?
- Não conheço nenhum Dr. Alcides.
- O Dr. Alcides sou eu, mas não sei onde estou...)

Gina G disse...

Olha!, fizeste tu uma história!


Bom fim de semana, Kina.