quarta-feira, 19 de julho de 2017

Sonho(s)

Um dia sonhei uma cena de sexo... não é que não saiba descrever uma cena de sexo sonhada, mas nunca tentei, por isso não sei se sei, de maneiras que ficamos com o nome da cena de sexo, era uma cena de sexo, e o sonho metia também um túnel com a sua entrada lúgubre e a sua saída luminosa, que é assim que um túnel é. Ora bem, essa noite foi muito sonhada, sonhei com montes e montes de cenas díspares e disparatadas e, logo pela manhã, lembrava-me de muitas delas mas, conforme o dia ia avançando, as cenas abalavam da minha memória, restando então a de sexo e a imagem do túnel.
Um dia, outro dia, sonhei com moedas e bolachas empilhadas e dispostas pelo chão de xis em xis centímetros. Era só baixar e ir apanhando, assim decerto não sofreria pobreza ou fome. Neste dia... se calhar já era de dia, o céu agora clareia tão cedo, né?, o que tem piada é eu me ter lembrado do que sonhara quando na vida real observei algo muito parecido ao dito sonho e agora já não me lembro do que aconteceu na vida real mas lembro as pilhas de moedas e bolachas. Porra pá, é que sou mesmo especial, tanto que quando me apercebi da pessoa fenomenal que consigo ser, emproei-me logo toda eu, era mãos nas ancas e ombros pra trás, com ganas de berrar:

ai ó pá eu tenho sonhos premonitórios, tá?

Sem comentários: