sexta-feira, 5 de maio de 2017

2ª Via

Três blogues

Godofredo tem um blogue, logo à noite vai escrever um post cheio de criatividade literária anunciando aos seus leitores que a nora do senhor Joaquim fechou a porta quando passavam dois minutos da uma da tarde, descreverá e adjetivará com tamanha sapiência esse simples ato que o mesmo ficará mascarado de efeméride. E comemorável, inclusive.

Venceslau tem um blogue, daqui a nada vai escrever um post cheio de criatividade literária (uma outra) e encontrará pontos de verdadeiro interesse na viagem duma barrinha de ferro com três metros de comprimento, empreendida por uma simpática senhora numa rua lisboeta pouco movimentada. Que aquilo sim, é empenho, vontade de trabalhar e zelo pelo negócio.

Amílcar tem um blogue, à tardinha vai escrever um post cheio de criatividade literária (diferente da dos outros dois cavalheiros expostos acima) onde explorará a verdadeira saga que é a vida daquela mulher que escreve umas quantas coisas num pequeno retângulo de papel já usado no verso. Inventará os seus escritos e tudo, uma vez que no ato de escrever se pode ser criativo...

Depois chegarão resmas de comentários aos blogues destes fulanos, que isto de escrever episódios simples e melhorá-los substancialmente (indo até ao fantástico) é uma arte que se quer bem aclamada e bajulada em muito.


11/11/2011

4 comentários:

Susana Rodrigues disse...

Resma (de comentários).

Pelo menos a este chegou.

Olá, Gina. :-)

Gina G disse...

Pois ;-)

Olá, Susana.

Uva Passa disse...

'é uma arte que se quer bem aclamada e bajulada em muito.'
Venho bajular em muito, mas só deixo um comentário. Amanhã há mais... se a minha veia literária se sobrepuser à inclemente segunda-feira.

Gina G disse...

Obrigada, Uva Passa, e sê bem vinda.


(e não é que uma uva passa mesmo?)