terça-feira, 2 de maio de 2017

Escrito pelo punho da menina






Que transcrevo tal e qual, com erros e tudo, pela genuinidade da pequena, e também porque devido à qualidade da imagem não se percebe lá muito bem.

«O meu avô não parava de comer o meu ferrero rochê e eu tô a escrever isso no meu calendário do dia.»
«Hoje é dia de eu me ir embora e estou mesmo muito triste estava a gostar daqui.»
«Hoje é o dia de eu me ir embora e não tenho a serteza se vou chegar a tempo 13:30 horas.»
«Infelizmente perdemos o autocarro era para...»

Sem comentários: