terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Ah...

Olhem, é assim, ontem escrevi este post e hoje tenho vindo a reparar que também eu peço licença antes de agarrar no dinheiro dos clientes. Sou também eu uma temente das gentes em forma de cliente, vejam lá bem isto, eu toda coisa que o senhor do Banco isto e aquilo, ando há qu' anos de roda de dinheiros alheios e afinal ainda não me habituei.

Sem comentários: