sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Árvore amarela

Lá estava a árvore amarela, tão mal encarada como nos útlimos dias. Ainda decorrem obras nas imediações, de maneiras que notei a faixa de um troço com uma camada de alcatrão, a outra com uma, fazendo um degrau de uns oito centímetros entre as duas, e vi-me com oito anos no degrau da vizinha Helena a saltitar alternando os pezinhos. Pus zinhos nos pés para realçar o tamanhinho meu, que o degrau da vizinha Helena era bem mais alto do que oito centímetros... Para aí o dobro, vá.

Sem comentários: