segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

É comum ver-se

É comum ver-se no Youtube as pessoas - os próprios youtubers, quero eu dizer - confessando sofrer de ataques de ansiedade ou de pânico. Assim como grandes nomes da figura pública - artistas disto e daquilo, manequins, gente da TV - também os youtubers se expõem por modo a se aproximarem do público. Estou em crer que a ideia principal é fazer-se igual, e fazer-se igual é companhia que se tem, muito mais do que comparar-se a outros ou comprar os outros com o coitadinho de si. Mais: confessando publicamente medos e ansiedades fica-se com a sensação de se ser tolo e fracassado. Não deixar que isso se note, socialmente falando, é a luta. Que não pertence somente aos fóbicos.

Sem comentários: