terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Lâmpadas

Suponhamos que o cu das lâmpadas não é o globo que sobreraquece em termos de pele humana, isto baseando-me naquele dito popular 'ai! só me apetece subir aos candeeiros e apalpar o cu às lâmpadas!', portanto a ideia de sobreaquecimento vem daí, dado que é um dado (dado-dado propositado) adquirido que as lâmpadas sobreaquecem em termos de pele humana. Usem luvas, dado se apercebam de a vontade de apalpar cus de lâmpadas vos ser indomável. Mas vá, neste (meu) caso o cu das lâmpadas não é o globo mas o casquilho, dentro das embalagens. Andei que tempos com uma questão montes de especial e interessante, que, como sabem, só ponho no blogue questões de um nível superior de inteligência e assim, que é o facto de os cartõezinhos que vêm dentro das embalagens serem cada um de seu tamanho. São dois, um protege o casquilho, o outro o globo. E... é óbvio que o cartãozinho maior é o que vem a proteger o globo!, que o vidro é mais frágil do que a rosca metálica! Pois...

Sem comentários: