segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

vivemos em coisas retas, prédios
não vivemos as coisas certas, atalhos

Lá vem o lado mau de mim, o depressivo. Um lado. Lado: masculino. Eu: feminina. A depressiva. A depressiva. A deprimida. Chamar o nome certo é preciso, a ânsia é atingir o grau mais elevado do ridículo.

Sem comentários: