segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Palavra do dia (disseram na Radio)
e também
Dia de (disseram na Radio)

É tarte, a palavrita do dia, hoje. Não vou fazer o meu joguinho do costume, se pesquisasse 'tarte' nos blogues deparar-me-ia com uma escolha trabalhosa e chata, é que devo ter esse registo dezenas de vezes. Au eva, olha aqui duas fotos da última tarte que preparei:





Foi uma tarte especial porquanto me levou a inventar um bocado, tinha massa filo a findar-se-lhe o prazo e havia que usá-la, mas vai daí nunca tinha feito uma tarte com essa massa na base, e ai se não dá e ai se fica empapada e ai se fica toda desfeitinha... Mas não. Ficou mas foi estaladiça e saborosa. Pois.

Já o 'Dia de' é dedicado à tarte... Ah! Ok! Pois! Mas não só, é também o dia de escrever à mão. Ora bem, é coisa que faço diariamente, não só profissionalmente como pessoalmente. Mas, tanto numa como noutra situação, a verdade é que não manuscrevo lá muito, não. Ultimamente, por conta de uns dói-dóis nos dedos, é-me difícil e a bem dizer há vezes, nas vezes do pessoalmente manuscrevendo, que tenho desistido da parte diáriómanuscrevente, mas nunca da parte resumida, aquela dos tópicos que aponto nas folhinhazinhas e coiso e tal. Essa. Essa, não.



Sem comentários: