terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Cinco dias sem

Há cinco dias que não adentrava o lugar (que também pode ser) da musa.
Há cinco dias que não admirava a árvore amarela.

Sim, repetindo:
a minha vida é imensamente interessante.

Sem comentários: