quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Praça

O poeta está despido. De folhas, quero eu dizer. Quando sentada no banco hater, já lhe avisto tudinho, tudinho.

Sem comentários: