segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Cruz

Cruzei-me com uma mulher feia, mas feia de doente e não feia de feia, era-o pela magreza extrema, quero eu dizer. E continuo a dizer, dizendo: ok, vá, durante dois dias, pelo menos, não vou ser a gorda do espelho meu.

Sem comentários: