sexta-feira, 12 de abril de 2024

Fui por partes

O editor de vídeo deixa-me carregar apenas vinte clips de cada vez. Fiz portanto as contas por partes. Deu-me um total de 90 minutos e 38 segundos, os clipes de 17 de Junho de 2023, por entre a Áustria, a Suíça e a Itália.

Fim de semana 6 e 7 de Abril

No sábado (6) fiz um Bolo Pudim. É bom. Mas não o suficiente. Desmoronou. Mas não foi isso que o fez ficar por comer. Tem umas características giras, a base é composta de dois leites, o condensado e o em pó. Vai a congelar, quem sabe eu tenha sido apressada e não tenha deixado a mistura solidificar o suficiente, daí o desmoronamento, porém oh. Saiu-me não bem mas bom, não sendo todavia receita a repetir. Tinha também pensado fazer umas bolachas que levam leite condensado, ideia que já figura no caldo pensante que pulula na minha cabeça há semanas, mas ainda não foi desta vez que experimentei essa receita.

Fim de semana 29, 30 e 31 de Março

Na sexta-feira (29, feriado) fiz um bolo nhó nhó, que é como quem diz Bolo de Banana e Aveia. Lembrei-me desta iguaria, digamos assim, por conta de querer fazer um bolo de baixas calorias (nhó nhó), uma vez que queria fazer um dos das altas ainda nesse fim de semana. E fiz. No domingo (31, Páscoa) fiz um Cheseecake Basco, receita que andava para experimentar há que tempos. Do bolo tenho a dizer que é mais ou menos, não contava com nada de extraordinário, é um bolo pensado para não exceder em excessos excedentários, de modo que fica nhó nhó, porém, dentro do género, é bom. Certo é que o incrementei excessivamente, digo eu com caramelo que tinha de resto no congelador, mas oh. Do cheesecake tenho a dizer que é
soberbo
O paladar é pouco doce, como se quer neste tipo de receitas, la tarta de queso, por exemplo, tem essa característica, a textura é suave no meio e algo granulosa nas extremidades. Esguichei-lhe xarope de ácer e polvilhei-a de canela em pó – soberbo, lá isso. É a repetir. A ver, até, se não me esqueço de imprimir esta receita e a guardar no meu dossiê especial. No mais acrescento que, ao início dos pensares todos que tive para esta demanda, intentei-me num simples bolo de iogurte, ao qual acrescentaria mirtilos e pistácios, ideia que não abandonei de todo, vem aí outro fim de semana... Aliás, vêm aí outros fins de semana.

Fim de semana 23 e 24 de Março

No sábado (23) fiz Bolo de Noz. Tinha claras congeladas, dez (!), havia que as usar e este bolo é mesmo fixe para isso. Estas claras tinham sobrado daquelas vez em que fiz doce de ovos, e, na verdade, este bolo, originalmente, é apresentado com doce de ovos, o que, claramente, ah ah, trocadilho, o eleva, só que o doce de ovos já eu não tinha, tinha era as claras e, já adivinhando que me sairia um bolo em poucochinho, ainda pensei em lhe juntar outros sabores, como chocolate ou caramelo, já que o caramelo, esse sim, havia sobrado. Também pensei fazer um doce de ovos na mesma, sendo usaria as claras velhas para o bolo e guardaria as claras sobrantes, que assim entrariam no meu congelador em estado novo. Mas não, fi-lo simplezinho, normalzinho, porém não poucochinho, que se bastou. Ficaria indubitavelmente melhor com doce de ovos, sim, mas bastou-se. Foi nesta data que me convenci a experimentar fazer Pan au Chocolat. Pelas pesquisas que fiz descobri que esta doçura se faz com massa folhada e que o processo é o mesmo, mas o détrempe é mais composto, levando leite, açúcar e fermento de padeiro. Tenho porém uma dúvida mas é lá mais para as bandas do final, será que o chocolate não escorre da massa? Num dos vídeos percebi que o chocolate a ser usado terá de ser um com alto teor de cacau, que assim não derrete e tal e tal, mas, a dúvida, tenho-a. Fazendo, saberei, lá isso.

Fim de Semana 16 e 17 de Março

No sábado (16) fiz Bolo de Banana. Na semana anterior havia descongelado a goiabada feita com as goiabas que o sô Manel ofereceu para finalizar em bom o pudim Romeu e Julieta, e sobrou, sobrando também uma parte do caramelo que havia preparado para, por sua vez, finalizar os folhados de maçã que também havia feito. Já quando fiz a goiabada tinha pensado que ficava bem por cima de um bolo de banana, assim como o caramelo também fica bem pra caraças, então tinha a modos que as ideias no lugar certo. Comprei bananas na chinesa da mercearia mas comprei-as ainda verdes para resultar num bolo bom, de maneiras que, como faltava ainda alguns dias para a considerar no ponto coloquei-as dentro da montra – há lá agora melhor estufa do que uma montra soalheira? Não. Esta receita é maravilhosa no paladar e na feitura, tinha até ensinado a chinesa a confecioná-la. Mas adiante. Chegada a hora de fazer o bolo, tendo já idealizado que era giro fazer um parte como manda a minha receita e outra parte em queques aos quais juntaria mirtilos. Aumentei até as quantidades para assim proceder, só que, na hora não me apeteceu as mesuras de despejar pequenas quantidades em pequenas formas de queque e acabei por conseguir um bolo enormíssimo, porém, muito saboroso. Deitei-lhe então a goiabada e digamos que o enfeiei uma beca – o que importa é o sabor e blás, bem sei – porque o bolo ficou a parecer que tinha uma cobertura de ketchup. Mas não, como presumo que presumam.

no provador

👀
3 de abril

É Primavera, lá isso

7 de Abril

Vou dançar

10 de abril

sexta-feira, 29 de março de 2024

Lapso no tempo

Durante a semana, num repente, lembrei-me que saltei a foto de domingo, digo eu a pertencente àquele grupo ao qual dei início do ano e onde incluo uma foto por semana, preferencialmente ainda não publicada, embora não tenha de ser moooooontes especial nem nada disso, é só uma foto que escolho por entre todas as da semana, sendo que a escolha se dá porque sim, e «porque sim» é um motivo que a mim basta. E calhou, como já referido, de me esquecer de fazer a escolha da semana. Ora, como quero que a foto seja resultado de um clique ocorrido de segunda-feira a domingo, desta feita escolhi um precisamente de domingo, já publicado e ao qual chamei de alhada. Entretanto acho que esta temática só fica com bom despacho se republicar o dito clique no próprio domingo, como agora, e, neste post.